Biya antes do MEO Sudoeste: “Vou apresentar a minha nova mixtape com temas em português e convidados surpresa”

[FOTO] ph.catt

É uma das grandes apostas da Real Caviar e prepara-se para juntar mais um grande festival à sua ainda curta carreira. No próximo sábado, dia 10 de Agosto, Biya actua no Palco LG by Mega Hits, um concerto incluído na programação da edição deste ano do MEO Sudoeste.

Antes de apresentar as canções da sua nova mixtape, que, ao contrário do que tem lançado até aqui, vão ser cantadas em português, a artista apadrinhada por Agir respondeu a algumas perguntas enviadas pelo Rimas e Batidas.



Como correu o Marés Vivas? Como te sentes nestes palcos de grandes dimensões?

Foi a primeira experiência num palco tão grande como o do Marés e posso dizer que foi a melhor sensação de sempre. O facto de estar ladeada por uma banda incrível que me acompanha nas minhas loucuras de palco fez com que me sentisse completamente à vontade! A energia do pessoal foi também uma parte mega importante para me conseguir exprimir e entregar-me da maneira que acabou por acontecer.

Como preparaste a ida ao Sudoeste? Há novo material no teu espectáculo?

A ida ao Sudoeste está a ser preparada ainda com alguns ensaios pelo meio, e o que queremos é fazer algo especial e com muita energia. Para além dos sons que já tenho lançados, a novidade é mesmo ir apresentar toda a minha próxima mixtape, sendo que todas as músicas são em português. Por isso vai ser praticamente tudo material novo e com alguns convidados surpresa!

É diferente tocar num festival e num clube. Tens preferência por uma das realidades ou estás mais numa de ir a todas?

Estou no começo de uma carreira que espero que seja longa, e acho que o caminho que faz sentido percorrer é passo a passo, subindo um degrau de cada vez. Tive a sorte de ter alguns dos principais festivais na lista deste Verão, mas é também importante abranger clubes e espaços mais pequenos, porque acho que é aí que o pessoal consegue interagir comigo de uma forma mais intimista e pessoal.

A apresentação ao vivo tem-te feito pensar de forma diferente na tua música? Está a mudar a tua abordagem à criação de novos sons de alguma maneira?

Os concertos servem para exprimir tudo o que se encontra cá dentro. Se por um lado é em estúdio que me sinto totalmente livre com as minhas palavras em papel, ao vivo tenho a sensação de conseguir colocar todas as minhas emoções na pele de cada pessoa que me está a ver. Ou seja, naturalmente as experiências live vão acrescentar outro pedaço que faltava às letras escritas em estúdio.

Que pensas do cartaz do festival este ano? Vais tentar apanhar algum concerto?

Mesmo uma honra não só tocar num palco destes, mas também conseguir ver e estar com pessoas que realmente admiro. Quero muito ver 6LACK e Post Malone, mas acima de tudo quero ir aos palcos mais pequenos para ver Chong Kwong, Toy Toy T-Rex, Sippinpurpp e Lon3r Johny.


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team