Batida remistura “Banza Rémy” de Bonga

[FOTO] Direitos Reservados

Batida assinou a remistura de “Banza Rémy”, um tema original de Bonga, no âmbito da compilação comemorativa dos 30 anos da Lusafrica.

 



Nestas três décadas de história, a editora que junta os melhores talentos dos PALOP num só catálogo coleccionou álbuns de Tito Paris, Ferro Gaita, Lura ou, claro, Bonga e Cesária Évora. É com a descoberta da eterna voz da morna cabo-verdiana que José da Silva arranca com o projecto Lusafrica: “A Lusafrica foi fundada por acaso. Nunca pensei em criar uma etiqueta [discográfica]. Só estava a ajudar uma cantora”, explicou à DW, que fez um apanhado dos trinta anos da editora. “Quando gravámos o disco [de estreia da Cesária], a pessoa que fazia a capa disse ‘tens que pôr uma etiqueta’. Então, inventei esse nome, Lusafrica, no momento, só para pôr no disco.”

Com sede em Paris, os 30 anos da label fundada por José da Silva vão ser celebrados de uma forma muito especial: a Lusafrica reuniu cinco produtores de música electrónica, com influências nas sonoridades vindas de África, para revisitarem o seu catálogo e assinarem uma remistura para uma compilação. Além da presença de Pedro Coquenão — que remexeu nas memórias musicais de Bonga através do projecto Batida — também Mo Laudi, Djeff, Bruxas e FNX Omar & Cee ElAssaad têm o seu cunho na compilação da Lusafrica, assinando remixes para temas de Polo Montañes, Cesária Évora, Tito Paris e Boubacar Traoré, respectivamente.

 


ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team