Bas // Too High to Riot

Bas---


[TEXTO] Amorim Abiassi Ferreira

Bas está demasiado pedrado para se revoltar. Após o lançamento de Last Winter, o álbum que celebrava o último inverno de dificuldades, o rapper tem vivido na estrada a dar concertos. Se este projeto, com hits como “My Nigga Just Made Bail”, festejava o melhor da vida, Too High to Riot centra-se no reverso da medalha, onde a distância de casa tem um custo pesado a suportar.

Amigo de infância de J-Cole, ele foi o primeiro artista assinado da Dreamville Records. Começou a cantar em 2010, convencido por Cole, e ao lançar “Mook in New Mexico” ou “Golden Goals” ganhou a minha curiosidade em querer ouvir mais. Filho de pais sudaneses, nascido em Paris e criado em Queens – Nova Iorque, o som de Bas não é o típico som de NY e grande parte das suas produções está um passo ao lado dos grandes trends actuais.

Too High to Riot abre com um tema que sampla “Comfortable” de Mick Jenkins, também produzido por Cam O’bi. Na faixa, Bassy adereça a nova vida e comenta uma série de problemas cuja conclusão é sempre a mesma: “I’m too high to riot.” Nas próximas músicas, o rapper fala sobre a escolha do narcótico/sonho certo (“Methylone”) e de quem tenta aproveitar-se do sucesso dele (em “Housewives”). A viagem é interrompida em “Live For”, a chamada que anuncia o falecimento da tia durante a sua ausência em tour. “Ricochet”, com produção da banda londrina The Hics, merece destaque pela sonoridade sombria e invulgar. “Night Job” é facilmente a minha favorita. Ouvir o “No More” de Shlohmo e Jeremih samplado enquanto Bas e J-Cole cospem versos é tudo o que preciso para esta ser uma música a repetir.



É bom ouvir alguém que faz uma aproximação vocal mais simples e com muita atenção aos refrões, influência de Cole, sem dúvida. O artista da Dreamville Records lança um disco de 37 minutos que peca pela curta duração, mas que encaixa perfeitamente numa viagem nocturna de carro, ao som soulful de “Clouds Never Get Old”.


Amorim Abiassi Ferreira

Amorim Abiassi Ferreira

Copywriter comprometido com a descoberta e partilha de música. Gosta mais deste propósito do que de café e quem o conhece sabe que isso é uma declaração séria de amor.
Amorim Abiassi Ferreira

Latest posts by Amorim Abiassi Ferreira (see all)