pub

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados

O clube portuense tem um novo alinhamento mensal.

Aleksi Perälä, Nídia, Baris K e Pional na programação de Fevereiro do Pérola Negra

Texto: ReB Team
Fotografia: Direitos Reservados
O relógio não pára e já vamos no segundo mês de 2020. Em Fevereiro, a questão que o Pérola Negra nos coloca é “how far can too far go?” Evitando caminhos mais filosóficos, a resposta está bem explícita na ambiciosa nova programação do clube situado no número 288 da Rua Gonçalo Cristovão, no Porto. Após a estreia de Jayda G na cidade Invicta, logo no arranque do mês, o Pérola Negra toma de assalto o segundo fim-de-semana de Fevereiro com uma Prévia de Karnaval, apostando em sonoridades canarinhas e com João Brasil, Luca Argel e Farofa ao leme dos decks, já esta sexta-feira, dia 7. Sábado é a vez do espanhol Pional se fazer ouvir, ele que leva no currículo uma colaboração com John Talabot, aberturas para concertos para os The xx e edições pela Young Turks ou Counter Records, esta última uma subsidiária da Ninja Tune. Rompante e Adriano completam o cartaz para o dia 8. No dia 14 de Fevereiro, o clube portuense contraria as tendências mais românticas do Dia de S. Valentim com uma dose de hardcore, protagonizada por Greg Rouge, Arrogance Arrogance e Spinning Jenny nos pratos e com direito a performances de Ana Rita Xavier e Maria Inês Peixoto. Na noite seguinte, a Match Attack regressa ao Pérola Negra com uma nova curadoria, levando até ao Porto o turco Baris K, um dos nomes que mais faz mexer as noites de Istambul desde os anos 90, bem como o DJ residente do Lux Frágil Switchdance e ainda um concerto de apresentação do novo álbum dos Holy Nothing.

“Hipnose rítmica e mergulho sensorial pelas vertentes ácidas e ficcionais da música electrónica” é a proposta do Pérola Negra para o dia 21, que terá as presenças de Ohxalá, Jaçira e Miguel Torga no formato live. Sábado, dia 22, há nova curadoria da XXIII: Nídia, figura de destaque na Príncipe Discos, encabeça um cartaz que conta também com os nomes de Kaval, NOIA e Torres. Na véspera de Carnaval, dia 24, podem contar com planos de arromba no clube do Porto. O francês que estabelece pontes entre o jazz e a electrónica, Viken Arman, vai estar ao lado de Klin Klop e Mezcla a alimentar a pista de dança. Sexta-feira, dia 28, Gusta-vo traz de volta a sua curadoria para o Pérola Negra, fazendo-se alinhar atrás dos decks com Tendency e Aleksi Perala — o veterano finlandês explora o lado mais espiritual, cerebral e emocional do techno e já leva mais de três dezenas de LPs editados. Dia 29 é a vez do alemão David Mayer dividir o protagonismo com Mendes e Paulo PG. Todas as sextas-feiras e sábados, a partir das 21h46, podem ainda ver o espectáculo Cabaret Infinito da Palmilha Dentada.

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos