pub

Fotografia: Direitos Reservados

A Netflix disponibiliza Homecoming no dia 17 de Abril.

A passagem de Beyoncé pelo Coachella 2018 vai dar documentário

Fotografia: Direitos Reservados

A nova edição do Coachella aproxima-se, mas muitos de nós continuamos fixados em 2018, muito por culpa da histórica performance de Beyoncé. Um ano depois, a artista convida-nos a revê-la ao microscópio, num documentário: já no próximo dia 17 de Abril poderemos ver Homecoming na Netflix.

Revelado nesta terça-feira, o anúncio veio confirmar os rumores lançados por uma fonte do Us Weekly que apontava para um documentário. O trailer exibe imagens do concerto de 105 minutos (e sua preparação) — dado pela primeira mulher negra a encabeçar o Coachella, que mobilizou mais de 100 pessoas em palco, incluindo percussionistas e dançarinos. Houve também uma reunião das Destiny’s Child e a participação especial de J Balvin, para interpretar o remix de “Mi Gente”.

Em fundo, podem ouvir-se palavras da lendária poetisa Maya Angelou; a The Oprah Magazinerefere que provêm de uma das suas últimas entrevistas antes do seu falecimento em 2014, concedida ao canadiano George Stroumboulopoulos. “O que eu realmente quero ser é uma representante da minha raça, da raça humana”, dizia. “Tenho uma oportunidade de mostrar o quão generosos e inteligentes podemos ser.” Parece ser esse também o intuito de Beyoncé.

O título Homecoming é uma alusão à temática universitária que dominou a sua passagem pelo festival californiano (e a merchandise do concerto). Por duas noites, com emblemas, fanfarra e indumentária personalizados, Beyoncé fez do deserto do Colorado o seu campus vibrante e enérgico, como tributo às faculdades e universidades historicamente negras dos EUA (HBCUs). Como recorda a Variety, Beyoncé premiou os melhores estudantes destas instituições através do Homecoming Scholars Awards Program.

No mês passado, em conjunto com o marido Jay-Z, a artista recebeu o Vanguard Award nos GLAAD Media Awards em reconhecimento dos seus préstimos à comunidade LGBTQIA+. Recentemente, também alcançou o título de Entertainer of the Year nos NAACP Image Awards.

Este ano, Beyoncé dará voz à personagem Nala no remake de O Rei Leão, que a volta a levar ao grande ecrã. À beira do terceiro aniversário de Lemonade, poderíamos levantar hipóteses acerca do seu regresso ao campo musical — e os rumores da Us Weekly apontam para uma reedição de luxo de um disco anterior, com novas faixas. Mas, com Beyoncé, o factor-surpresa prevalece sempre.


pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos