7 Dias, 7 Vídeos

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] Direitos Reservados

Era digital, informação à velocidade da luz. Vídeos e músicas a soçobrar pelas plataformas virtuais. Novidades emaranhadas entre si, confusão sónica, sentidos desorientados. Quem nos guia? Por onde vamos? Para onde vamos?

7 Dias, 7 Vídeos é o resgate audiovisual semanal nos terrenos do hip hop e electrónica. Filtragem de qualidade, barreira contra a poeira que nos cega com tanto de novo, com tanto para espreitar e escutar.


[No Money] “O Meu People Ri-se” feat. Holly Hood (prod. Here’s Johnny)

Depois de L-ALI se apresentar como reforço da Superbad, em Fevereiro, a editora da Linha da Azambuja voltou à carga com um novo tema de No Money. “O Meu People Ri-se” sucede a “Vida Maldita”, dado a conhecer na recta final de 2018, e conta com o habitual Here’s Johnny na produção. Holly Hood é o artista convidado para assegurar o segundo verso, ele que assina também o conceito visual que acompanhou a edição da faixa.


[Leikeli47] “No Reload”

Arranca amanhã a digressão norte-americana de Leikeli47, não sem antes a enigmática MC da máscara de pano lançar um novo videoclipe. “No Reload” faz parte de Acrylic, o seu mais recente álbum, editado em Novembro passado, e invoca o feminismo no mês em que se celebra a importância das mulheres na sociedade. A rapper de Brooklyn surge com uma balaklava personalizada por A Million Cashiro no vídeo realizado pela própria em nova colaboração com Dana Rice.


[Ho99o9] “Mega City Nine”

Os Ho99o9 editaram o EP Cyber Cop em Novembro, um conjunto de “vírus” da era digital que voltam a servir de ensaio para uma mistura entre metal, punk e rap. “Mega City Nine” é o primeiro single do projecto e recupera memórias musicais dos Slipknot e Slayer através do sampling.


[ScHoolboy Q] “Numb Numb Juice”

ScHoolboy Q é o artista que se segue na agenda da Top Dawg Entertainment. O autor de Blank Face LP está de volta à actividade e antecipou a chegada de um novo disco — o primeiro dos últimos três anos — com este “Numb Numb Juice”. Depois de Zacari editar o EP de estreia pelo selo discográfico que tem Kendrick Lamar como porta-voz, Groovy Q parece ser o próximo a trazer-nos novidades de maior calibre. O vídeo que acompanha a chegada do tema é uma realização de Dave Free e Jack Begert e tem Tyler, The Creator como personagem secundário.


[Vampire Weekend] “Sunflower” feat. Steve Lacy

Os Vampire Weekend estão a preparar o terreno para a chegada de Father of the Bride, o longa-duração que irá suceder a Modern Vampires of the City, de 2013. A banda tem estado a antecipar o disco desde o arranque do novo ano, somando já quatro singles. “Sunflower” é a mais recente aposta, que foi alvo de tratamento visual com assinatura do actor/realizador Jonah Hill. A canção tem Steve Lacy, dos The Internet, enquanto convidado, e Jerry Seinfeld e Fab Five Freddy dão a cara no videoclipe.


[MIKE] “Rottweiler”

Gravado em Londres, com a ajuda de Matter Research e Reel Fake, “Rottweiler” é o mais recente single do norte-americano MIKE. O tema fez parte do alinhamento de War In My Pen, o último longa-duração, dado a conhecer em Dezembro, após uma jornada de três discos no mesmo ano. O novo videoclipe antecede um período de dois meses na estrada, com MIKE a acompanhar Earl Sweatshirt em grande parte das datas do autor de Some Rap Songs os EUA.


[Larry June] “Diamond Heights”

Caiu por terra a ligação de Larry June à Warner Bros. logo após a edição de You’re Doing Good. O rapper de São Francisco, Califórnia, não demorou muito até fazer aterrar Sock It To Me, Pt. 2 nas plataformas de distribuição, que até já tem sucessores — Very Peaceful data de Novembro e Early Bird saiu no mês passado.

Na semana transacta fez-nos chegar “Diamond Heights”, um novo tema com produção de K. Fisha, com quem colaborou em projectos passados. O videoclipe tem realização de GIRLSLOVETREY e antecipa uma nova mixtape SUM’N VERY SLIGHT é apontada “para breve” na descrição.

Gonçalo Oliveira

Gonçalo Oliveira

Filho bastardo do jazz e da soul que encontrou no hip hop uma nova forma de abordar linguagens musicais perdidas no tempo. Não tem uma música favorita porque Jimi Hendrix e J Dilla nunca trabalharam juntos.
Gonçalo Oliveira

Latest posts by Gonçalo Oliveira (see all)