7 Dias, 7 Vídeos

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] Direitos Reservados

Era digital, informação à velocidade da luz. Vídeos e músicas a soçobrar pelas plataformas virtuais. Novidades emaranhadas entre si, confusão sónica, sentidos desorientados. Quem nos guia? Por onde vamos? Para onde vamos?

7 Dias, 7 Vídeos é o resgate audiovisual semanal nos terrenos do hip hop e electrónica. Filtragem de qualidade, barreira contra a poeira que nos cega com tanto de novo, com tanto para espreitar e escutar.

 


[KAYTRANADA] Live @ Pitchfork Music Festival Paris 2018

A edição deste ano do Pitchfork Music Festival Paris aconteceu nos dias 1, 2 e 3 de Novembro e, felizmente, a publicação norte-americana tem vindo a colocar na “nuvem” algumas das actuações que fizeram parte do evento — Blood Orange e Mac DeMarco surgiram no YouTube nas últimas semanas e vamos cruzar os dedos para que os concertos de DJ Koze, Chromeo ou Unknown Mortal Orchestra sigam o mesmo caminho.

O set que KAYTRANADA assinou em Paris foi o destaque no canal da Pitchfork durante a semana passada, quase todo ele composto por temas com assinatura do próprio produtor canadiano e, consequentemente, repleto daquele swing digital que lhe é característico e que aquece qualquer plateia. Houve espaço para temas já editados, remisturas originais e até inéditos, como foi o caso de uma colaboração com Kali Uchis, que serviu de anúncio para algo bastante maior — “o álbum sai em breve”, atirou durante a estreia da faixa.

 


[Aesop Rock & TOBACCO] “Acid King”

Thomas Fec, frontman dos norte-americanos Black Moth Super Rainbow, é também produtor e assina batidas experimentais enquanto TOBACCO. É ele o novo parceiro de Aesop Rock em Malibu Ken, apresentado na semana transacta juntamente com “Acid King”, o primeiro single de um projecto em conjunto. O videoclipe é realizado por Rob Shaw, que em menos de quatro minutos simula a progressão de uma doença rara que consome a face de um boneco inspirado na figura masculina do universo Barbie. O álbum da dupla sai no dia 18 de Janeiro através da Rhymesayers Entertainment.

 


[Phony Ppl] “Way Too Far”

Depois de se tornar no segundo tema mais escutado de mō’zā-ik — tendo servido de segundo avanço rumo à edição do mesmo — “Way Too Far” chega agora ao formato de vídeo pela mão do realizador Joe Weil. A banda de Brooklyn lançou em Outubro um novo álbum e tem vindo a aproximar-se cada vez mais do universo do hip hop: mō’zā-ik marcou a estreia pela 300 Entertainment, Chance The Rapper e Tyler, The Creator têm aplaudido o grupo e Pusha T levou-os consigo em digressão. Patrick Paige II, dos The Internet, protagoniza um dos cameos neste “Way Too Far”.

 


[DUCKWRTH] “SOPRANO”

DUCKWRTH continua a apalpar terreno na perspectiva de lançar um novo disco. “SOPRANO” sucede a “Fall Back”, editado em vídeo no início do mês, e tem o rapper/cantor na companhia dos mesmos homens negros pintados de branco que integraram o elenco do seu antecessor. Desta vez, o cenário é uma corrida a alta velocidade que termina numa chuva de notas. “SOPRANO” é o segundo avanço de The Falling Man e fala-nos acerca da “fórmula” que tem tomado conta do panorama do trap e que (quase) todos tentam adoptar.

 


[Fonseca & Cripta] “SINAIS”

Domínio do Delírio chegou na sexta-feira passada e voltou a colocar Fonseca e Cripta juntos num curta-duração. Os moldes são diferentes do seu antecessor, A Um Traço Da Loucura, já que Cripta conta desta vez com um tema a solo e Tony Bounce da-lhe uma mãozinha na produção. “SINAIS” é uma balada trap introspectiva, com Fonseca a colocar o passado numa balança com a perspectiva de colher um futuro mais risonho.

 


[tobi lou] “KNOCK KNOCK” feat. Tomi Adeyemi

Apesar de ter estreado “Orange” em Outubro, tobi lou regressou ao seu último EP para recuperar este “KNOCK KNOCK”, agora editado em vídeo. O tema é produzido por Like — o californiano tem assinado canções para Kendrick Lamar, Joey Bada$$, Anderson .Paak ou Ab-Soul — e tem a participação de Tomi Adeyemi.

 


[Calvin Valentine] “Bakery” feat. Chuck Inglish

Calvin Valentine passou “o Verão inteiro a fazer beats” e aproveitou o final do mesmo para editar Keep Summer Safe através da Mello Music Group. Após os projectos instrumentais — Plush Seats marcou a estreia pela editora em Março — Valentine focou as suas energias no rap e no beatmaking, fazendo de KSS a sua primeira vez enquanto MC. O álbum saiu em Setembro e, além de Chuck Inglish dos The Cool Kids, também Danielle Henderson e Illa J fizeram parte da lista de convidados, este último o seu ajudante em “VHS”, o segundo single do disco.

Gonçalo Oliveira

Gonçalo Oliveira

Filho bastardo do jazz e da soul que encontrou no hip hop uma nova forma de abordar linguagens musicais perdidas no tempo. Não tem uma música favorita porque Jimi Hendrix e J Dilla nunca trabalharam juntos.
Gonçalo Oliveira