7 Dias, 7 Vídeos

[TEXTO] Gonçalo Oliveira [FOTO] Direitos Reservados

Era digital, informação à velocidade da luz. Vídeos e músicas a soçobrar pelas plataformas virtuais. Novidades emaranhadas entre si, confusão sónica, sentidos desorientados. Quem nos guia? Por onde vamos? Para onde vamos?

7 Dias, 7 Vídeos é o resgate audiovisual semanal nos terrenos do hip hop e electrónica. Filtragem de qualidade, barreira contra a poeira que nos cega com tanto de novo, com tanto para espreitar e escutar.


[Scorp] “Fumo” (prod. shorty)

Foi no Verão passado que Scorp nos apresentou “Straight Edge”, inegavelmente uma das malhas boom bap mais pesadas de 2019. O tema antecipava um álbum colaborativo com o produtor DONTLIKE mas o rapper das Caldas da Rainha quis fazer mais algumas paragens a meio do caminho, que resultaram em “Tempo” e “KÖRA”. Desta vez Scorp recrutou shorty, MC e beatmaker da No Type Shit Records que lançou recentemente o EP Trajecto, e mandou a primeira granada de “Fumo” neste ano de 2020, sinalizando que o trap de rua está vivo em Portugal.


[TrueMendous] “O.T.Y.L Part 2” (prod. Illinformed)

Já vai a caminho do quarto aniversário o primeiro capítulo de “O.T.Y.L”. Editado pela Sektion Red, a faixa lançou o nome de TrueMendous para cima da mesa de discussão no que toca a MCs femininas de elevado calibre. A verdade é que a artista de Birmingham tem tardado em confirmar todo o potencial que lhe identificámos mas as coisas parecem estar prestes a mudar. A saída da Sektion Red valeu-lhe um convite para ingressar na High Focus Records, uma das casas de criativos mais reputadas do circuito hip hop britânico e onde TrueMendous parece ter encontrado as ferramentas necessárias para esculpir o seu EP de estreia, com a ajuda de produtores como Chemo, Illinformed ou Pitch 92. “O.T.Y.L Part 2” é o segundo avanço de HUH?, que aterra nas plataformas digitais no próximo dia 20 de Março.


[Julinho KSD] “Mama ta xinti”

Julinho KSD é uma aposta certa no actual panorama da música urbana em Portugal e isso não é segredo nenhum. A grande novidade em “Mama ta xinti”, uma bonita dedicatória de um filho que procura dar conforto à sua rainha, vai para Fumaxa: o homem que nos habituámos a ouvir a recortar e colar samples para beats de Chyna ou Bispo assume o papel de maestro neste novo lançamento dos Instinto 26, orientando os inputs criativos de Migz, Rubik, Dodas, Henrique Carvalhal e Ariel com vista a criar o ambiente perfeito para Julinho exercitar a sua voz em mais um hit.


[Lil Wayne] “Mama Mia”

Tal como aconteceu com Tha Carter V, Funeral foi sendo bastante antecipado pelos seguidores de Lil Wayne nos últimos anos — o projecto começou a ser falado pelo rapper ainda em 2016. O álbum chegou-nos no último dia de Janeiro e alcançou imediatamente o primeiro lugar na tabela da Billboard 200, mesmo sem que Weezy tivesse de recorrer aos videoclipes para o promover. “Mama Mia” é o primeiro a ingressar nesse capítulo e consiste num espectáculo multidisciplinar com recurso a inúmeros dançarinos, luzes, adereços e até uma partida de paintball.


[Nescall] “Cidade de Deus” (prod. Altran)

Faz três anos em Abril desde que o Coletivo 333 surgiu em cena. Embalados pelo hype da super-rubrica Poetas no Topo, da Pineapple Storm TV, o grupo abriu o seu catálogo com a sátira “Poetas no Esgoto”, uma nova investida para elevar o rap underground canarinho. Fiel ao tipo de mensagem com que se iniciaram nestas lides, Nescall representa o Coletivo 333 neste “Cidade de Deus”, uma nova adaptação sónica do clássico de Fernando Meirelles e Kátia Lund.


[CLBRKS & Morriarchi] “Camel Blue”

CLBRKS chamou a atenção do patrão da Blah Records e integrou o alinhamento de ffsman ep, o mais recente trabalho assinado por Lee Scott. Agora é a sua vez de brilhar em nome próprio com um trabalho que será inteiramente produzido por Morriarchi. Ainda não se sabe o título ou a data de edição do álbum de estreia pela Blah Records mas as indicações dadas em “Camel Blue”, o primeiro avanço, não nos passaram despercebidas, com CLBRKS a demonstrar que pode ser um digno sucessor do veterano MC de Runcorn.


[Medhane] “Affirmation #1”

Um par de dias após dirigir “Walk The Plank”, de Da$h, LONEWOLF voltou a mostrar serviço em “Affirmation #1”, tema da autoria de Medhane, ele que ainda na semana passada serviu Body James, The Alchemist e Vince Staples num novo single de The Price Of Tea In China. O videomaker vive um óptimo momento de forma mas o jovem rapper de Nova Iorque não lhe fica atrás, já que nem precisou de muito tempo até nos apresentar o sucessor de Own PaceFULL CIRCLE saiu a meio do mês passado.

Gonçalo Oliveira

Gonçalo Oliveira

Filho bastardo do jazz e da soul que encontrou no hip hop uma nova forma de abordar linguagens musicais perdidas no tempo. Não tem uma música favorita porque Jimi Hendrix e J Dilla nunca trabalharam juntos.
Gonçalo Oliveira