12º Aniversário do H2Tuga: Warehouse transformado em Bronx

[TEXTO] Ricardo Farinha

 

Entrei na equipa do H2Tuga há pouco mais de um ano e meio. Pouco tempo comparado com os 12 que o site cumpre em 2015.

A história do projeto criado pelo Rui e pela Sofia Meireles, entre outros, que já não se encontram no activo, numa altura em que a internet não era o que é hoje, só pode ser contada pelos próprios.

Valete havia lançado recentemente o primeiro disco, Fuse e Sam The Kid o segundo. Os Dealema editavam o clássico homónimo e os Mind Da Gap já contavam com uma vasta discografia. Foi o boom do início do milénio, ainda com valores como Chullage, Micro e Regula a juntarem-se aos restantes. No meio deste turbilhão, nascia o H2Tuga, numa altura em que os programas de rádio dedicados à cultura hip hop eram de uma relevância extrema e onde havia pouca coisa online.

12 anos depois, muito se alterou. A sociedade mediatizou-se, as redes sociais roubaram o protagonismo dos meios de comunicação clássicos e o H2Tuga adaptou-se. Ainda cá andamos, depois de muitas entradas e saídas de colaboradores ao longo de uma dúzia de anos de actividade e de várias reestruturações.

Quero acreditar que temos feito um bom trabalho para intensificar e melhorar a actividade do H2Tuga nos vários domínios, seja nas redes sociais, no audiovisual, ou nos próprios conteúdos escritos do site. Tudo isto feito por uma equipa jovem, onde me incluo, que dedica muito do seu tempo diário ao H2Tuga e ao hip hop, muito por “amor à camisola”. E acredito que muito mudou neste ano e meio.

Mas há coisas que não mudaram. O hip hop continua a ser constituído pelos seus pilares-base, e, como em todos os eventos organizados pelo H2Tuga, todas as suas vertentes ou elementos vão estar presentes na festa do nosso 12º Aniversário.

O espaço Warehouse, em Alcântara, recebe o hip hop numa noite que pretendemos que fique para a história.

Para tal, convidámos um extenso leque de artistas, desde o rap ao graffiti, passando pelo breakdance e beatbox, para nos proporcionarem um evento que certamente ficará marcado pelo convívio e ambiente familiar.

Para as “cabeças do hip hop”, é uma oportunidade de estarem presentes num evento onde estarão representadas todas as vertentes da cultura, sendo que, modéstia à parte, são cada vez mais raras as vezes que tal acontece, contrastando com o crescente número de festas e concertos com artistas do movimento.

Para os curiosos por este movimento, para aqueles que ouvem rap mas não conhecem da mesma forma o graffiti, o breakdance ou até a apresentação de um álbum de instrumentais ao vivo, o 12º Aniversário do H2Tuga também vai ser uma excelente oportunidade para conhecerem esta cultura, neste mini-Bronx dos anos 70 a que nos propomos transformar o Warehouse.

Os artistas são para todos os gostos, e o nosso agradecimento é também para eles. Apresentado por Malaba e Bdjoy, o evento em que sopramos 12 velas vai contar com o drunkstyle intercalado com o lado consciente dos alentejanos Alcool Club (em formato Club 120º); o boom bap da nova escola do Miratejo de GriLocks, que apresenta pela primeira vez ao vivo a mixtape Carisma; a vontade e garra de Kaines, que desce do Porto para o nosso aniversário; o já conhecido estilo marcado de Phoenix R.D.C.; e ainda os muitos valores do super-grupo de Odivelas #2675, de Lancelot, Cali Flow, Mass e Lennox, entre outros.

Na produção, Suarez, que veste a pele de Raposa como produtor, apresenta o trabalho de instrumentais de estreia, Homemaderecycle, pela primeira vez ao vivo em Lisboa.

A adoçar o evento, uma batalha muito especial de b-boying, cinco contra cinco no tapete, com representantes de várias das principais crews da Grande Lisboa.

A pintura exterior fica a cargo de Wek & Dali, enquanto que no interior do Warehouse vai haver freestyle painting com as duplas Trauma & Dish/Moze & Spek.

A moldura não fica composta sem os DJs que vão estar a passar música durante vários momentos da festa. Gijoe, DJ e produtor dos Tribruto, junta-se a Tayob Juskow e a Godzi nos pratos.

Mas, claro, não se fica por aqui. As surpresas são várias e vamos poder contar com beatbox dos Beat the Beat e Barofa, entre cyphers, sessões de improviso e open mic para quem estiver no público e se sentir inspirado…

A parte superior do espaço, além de pintura ao vivo, vai conter exposições de fotografia e pintura.

Os bilhetes estão à venda, as reservas disponíveis, e o convite está feito. Juntem-se a nós na celebração do hip hop e dos 12 anos do H2Tuga dia 26 de setembro, no Warehouse. Contamos com todos vós para mais uma inesquecível festa desta cultura.

P.S. – Não se atrasem porque as surpresas vão começar desde cedo.

 

Ricardo Farinha é um dos colaboradores do site H2Tuga.

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team