Ensaios

O rap e o activismo pelos direitos humanos em Angola I

A investigadora Susan de Oliveira assina a primeira parte de um ensaio que reflecte sobre o papel do rap nos movimentos revolucionários angolanos. Um texto gentilmente cedido pela plataforma buala.org que brevemente terá continuação.

Ler +

Cabaret Voltaire: a electrónica como resistência

Mais do que afirmar uma posição, os Cabs apontaram para o quebrar de impossibilidades através de uma amálgama de sons e influências conjugadas em misturas electrónicas e improvisadas. Hoje aprontam demonstração em Gijón, Espanha.

Ler +

Música portuguesa de dança em 2015: 5 pedradas no charco

Todos os anos são poucos os lançamentos que, surgindo em contraciclo, se propõem a influenciar os caminhos da música de dança a nível global. Em 2015, até agora, já contamos pelo menos cinco, e acontece que são portugueses.

Ler +

6 tracks que escutámos na produção do ReB

Do house ao hip-hop, meia dúzia de sons que nos deram pica durante o processo de construção desta vossa casa.

Ler +

Olha os robots!

Kraftwerk ao vivo em Portugal. Ontem em Lisboa, hoje no Porto, na Casa da Música. Imperdível, pois claro.

Ler +

Das abelhas e das borboletas: ideias sobre Kendrick Lamar

O MC de Compton assumiu o trono do hip hop com um álbum denso, complexo e de cruzamentos de géneros num ano em que a música negra parece ser a tela do hip hop e R&B norte-americano.

Ler +

DJ Mustard: 10 instrumentais essenciais

O produtor de Los Angeles dominou o hip-hop mainstream norte-americano no ano passado. Eis “Mustard on the beat” num spin que nos embrenha nas construções sonoras de Dijon McFarlane.

Ler +

De onde vem e para onde vai Panda Bear?

A celebração do universo pop sintético do produtor Noah Lennox após na ressaca da apresentação do seu mais recente álbum – Panda Bear Meets the Grim Reaper – em Lisboa.

Ler +