Ensaios

Halloween: A Árvore Kriminal

Naquele que será (será?) o mês do lançamento de Híbrido, recuperamos um ensaio sobre o segundo disco de estúdio de Allen Halloween.

Ler +

9 argumentos para não perder Run The Jewels no Primavera Sound

A horas de assistir à estreia dos Run The Jewels em solo nacional, o Rimas e Batidas sugere 9 janelas (10 seria demasiado perfeito…) para se espreitar para dentro da casa que El P e Killer Mike construíram.

Ler +

Tyler, The Kid

Tyler, The Creator sucede a Bastard, Goblin e Wolf com um novo álbum, Cherry Bomb, trabalho que prossegue a sua singular visão artística e lhe planta ambos os pés em firme terreno para o ano da graça de 2015.

Ler +

Odd Future: Tyler, Earl, tweets e The Internet

Revendo a matéria sobre o (suposto) desmembramento do colectivo hip hop alternativo de Los Angeles.

Ler +

O holograma de Tupac Shakur

A “reencarnação” do ícone do gangster rap por via das novas tecnologias, em 2012, foi uma espécie de desafio ao legado do rapper de Harlem que se destacou na West Coast. Afinal, Tupac abordou a morte inúmeras vezes na sua extensa discografia que deu ao género um estilo muito pessoal, replicado por artistas das diferentes coasts dos Estados Unidos. Francisco Noronha revisita esse evento e perspectiva-o face à herança deixada por Pac.

Ler +

O rap e o activismo pelos direitos humanos em Angola I

A investigadora Susan de Oliveira assina a primeira parte de um ensaio que reflecte sobre o papel do rap nos movimentos revolucionários angolanos. Um texto gentilmente cedido pela plataforma buala.org que brevemente terá continuação.

Ler +

Cabaret Voltaire: a electrónica como resistência

Mais do que afirmar uma posição, os Cabs apontaram para o quebrar de impossibilidades através de uma amálgama de sons e influências conjugadas em misturas electrónicas e improvisadas. Hoje aprontam demonstração em Gijón, Espanha.

Ler +

Música portuguesa de dança em 2015: 5 pedradas no charco

Todos os anos são poucos os lançamentos que, surgindo em contraciclo, se propõem a influenciar os caminhos da música de dança a nível global. Em 2015, até agora, já contamos pelo menos cinco, e acontece que são portugueses.

Ler +

6 tracks que escutámos na produção do ReB

Do house ao hip-hop, meia dúzia de sons que nos deram pica durante o processo de construção desta vossa casa.

Ler +

Olha os robots!

Kraftwerk ao vivo em Portugal. Ontem em Lisboa, hoje no Porto, na Casa da Música. Imperdível, pois claro.

Ler +