Search result for: 2pac

Querem viajar no tempo com banda sonora hip hop?

O site Poly-Graph volta a surprender com um incrível gráfico interactivo que nos permite viajar pela memória do hip hop aproveitando as tabelas da Billboard.

Ler +

Kendrick Lamar: “Quero ganhar os Grammys todos não apenas por mim, mas pela cultura”

Em reveladora entrevista ao New York Times, K.Dot aponta Drake e Future como artistas de referência de 2015 e faz o balanço de um ano em que até Obama lhe deu props.

Ler +

A banda sonora natalícia de Allen Halloween #3

Híbrido é um dos mais importantes registos de 2015. E Allen Halloween não tem sido propriamente o enigma mais fácil de desvendar. Ao Rimas e Batidas ofereceu algumas pistas sob a forma de listas de vídeos de temas que o marcaram e inspiraram. Prenda de natal para fãs mais dedicados.

Ler +

Dr. Dre: O doutor dos beats

Dos N.W.A. à Aftermath, de Eminem a 2001, dos planos para Detox a Kendrick Lamar, sem esquecer Compton: A Soundtrack. Um perfil daquele que é um dos mais bem sucedidos entrepreneurs do mundo do hip hop.

Ler +

15 malhas hip hop em repetição na playlist caseira de DJ Firmeza

O jovem produtor da cena batida do gueto de Lisboa partilhou com o Rimas e Batidas uma playlist caseira que diz tudo sobre as suas influências e sobre a música que vai fazer soar no espaço Ciência Rítmica Avançada do festival Vodafone Mexefest. A actuação está marcada para esta sexta-feira, às 00h45, no Palácio Foz.

Ler +

João Pedro da Costa e a importância do videoclipe na “definição do imaginário do hip hop”

O autor da série Sons & Visões (com batida) partilhou com o Rimas e Batidas os critérios de selecção e conclusões em torno da série de ensaios sobre os videoclipes que ilustram uma história audiovisual do hip hop.

Ler +

Blastah Beatz – Dre Day Mix

À boleia do hype em torno da película Straight Outta Compton e de Compton: A Soundtrack by Dr. Dre, Blastah Beatz apresenta uma mistura de marcantes faixas pré-2000 em que Dre participa como MC e produtor.

Ler +

Sons & Visões (com batida) V

Às portas do novo milénio no quinto capítulo de uma história videomusical do hip hop assinada por João Pedro da Costa.

Ler +

Hip hop: do Bronx para o mundo

Como qualquer outra cultura, o hip hop não nasceu, foi nascendo. Mas há algumas datas importantes que os historiadores hoje destacam como momentos fundadores de uma cultura que é hoje global. E uma delas foi a 11 de Agosto de 1973, quando Kool Herc promoveu uma festa em que pela primeira vez alinhou os breaks que incendiaram os B-Boys. Um ano mais tarde Bambaataa daria um nome ao que se passava nas ruas. Neste dia de aniversário, recuperamos aqui um texto de 2006 de Rui Miguel Abreu que se foca na origem desta cultura de rimas, de batidas, de breaks e de scratches. Parabéns, hip hop!

Ler +

9 faixas sobre tensão racial entre comunidades e autoridades

Uma série de faixas que recorda as tensões sociais ainda prevalecentes no mundo contemporâneo no dia em que passa um ano após a morte de Michael Brown às mãos do agente Darren Wilson, despoletando as manifestações de Ferguson e um renovado movimento pelos direitos civis das minorias nos EUA,

Ler +