pub

Meskalina é o segundo álbum a solo de Karlon

Karlon, figura fundadora dos pioneiros do hip hop criolo em Portugal, os Nigga Poison, apresentou recentemente o seu segundo álbum a solo – Meskalina.

Com um título inspirado no alucinogénio extraído do cacto peiote das zonas desertificadas do norte do México, o disco tem uma forte componente introspectiva, de percepção espiritual e experiências esotéricas. É, por isso, um trabalho de múltiplas abordagens temáticas que se digladiam na mente de Karlon – o seu existencialismo, a religião, as consequências do rap violento, o valor das mulheres, o hip hop enquanto conhecimento.

Meskalina reúne um número considerável de participações. Há as vozes de SP Deville, Gino (Factos Reais), Xama, Audio, Nigga F, Dynamite e Sr. Mário; e instrumentais de 7th Wonder, GhostKiller, DatBoyRm, SP Deville, Zé Meta, Char- lie Prod e NeuroBeats. Também ouvimos por ali uns scratches de DJ X-Acto.

“Sempri En Kiz Ser” é o single de avanço do álbum que sucede ao primeiro trabalho a solo de Carlos Furtado (nome próprio), Nha Momentu, de 2012, e a subsequente mixtape Paranóia de 2013.

Recuando uns bons anos na máquina do tempo da memória, encontramos Karlon em Nigga Poison, que formou com Praga em 1994. O grupo lançou em 2001 o EP Podia Ser Mi e em 2006 o reconhecido Resistentes. O último trabalho do duo foi o disco Simplicidadi, de 2011, seguindo-se o desmembramento do grupo.

Abaixo ficam imagens do making of de Meskalina, um testemunho raro do trabalho de criativo e de estúdio na produção de um disco.

 

https://www.youtube.com/watch?v=D0zOQQCr_fA

 

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos