A lista do ano de Mike El Nite

[FOTO] Direitos Reservados

Dois anos depois do lançamento do seu álbum de estreia O Justiceiro, Mike El Nite regressou este mês com Inter-Missão, disco que saiu através da Think Music.

Em oito faixas, Rita Vian, Sippinpurpp, J-K, Fínix MG e Catarina Boto juntaram as suas vozes à de Miguel Caixeiro e DWARF, Maria, Lewis M, Ice Burz, benji price e Osémio Boémio coloriram a paisagem instrumental de uma missão que também teve direito a banda desenhada.

O artista de Telheiras não é um novato nestas listas: confiram as suas escolhas de 2015, 2016 e 2017.

 


[MELHOR ARTISTA NACIONAL] Wet Bed Gang

“Os números não mentem e a reacção dos crowds também não. Tive a oportunidade de apanhá-los algumas vezes na estrada este ano e é impossível negar um fenómeno que quase parece o de uma boys band nos 90s. Quero destacar também o Sippinpurpp como o artista revelação do ano com um crescimento incrível, e o Conan Osiris e a Blaya pelos sucessos.”

 


[MELHOR ARTISTA INTERNACIONAL] Travis Scott

“Outro inegável. O salto que deu para o espectro generalista, continuando a afirmar-se como líder de uma geração nova, faz dele o homem do ano na música. Astroworld é um marco a todos os níveis.”

 


[MELHOR PRODUTOR NACIONAL] benji price

“Um produtor não é só um beatmaker e o benji é dos melhores exemplos disso em Portugal. Está nos bastidores de muita coisa boa que saiu este ano.”

 


[MELHOR PRODUTOR INTERNACIONAL] Kanye West

“Álbuns de NAS e Pusha T, Ye e Kids See Ghosts, muita variedade, muita qualidade, faz o clássico como poucos, faz o novo como ninguém, tudo isto enquanto lida com uma luta pela sua saúde mental.”

 


[MELHOR FAIXA NACIONAL] “Água de Coco” de ProfJam

“O Prof está num caminho de auto-descoberta musical e, dentro do estilo trap com auto-tune, está mesmo a desbravar caminho para encontrar a sua via. ‘Jazigo’ de Pedro Mafama, ‘Devia Ir’ dos WBG e ‘Sauce’ de Sippinpurpp também são faixas do ano, por motivos diferentes.”

 


[MELHOR FAIXA INTERNACIONAL] “Stop Trying To Be God” de Travis Scott

“Travis Scott, James Blake e Stevie Wonder na mesma malha? Shut up and take my money.”

 


[MELHOR DISCO NACIONAL] Inter-Missão de Mike El Nite

“É a segunda vez que me auto-incluo numa lista destas, mas faço-o com honestidade. E também citando as minhas próprias palavras ‘se eu não gostar de mim, quem gostará?'”

 


[MELHOR DISCO INTERNACIONAL] Astroworld de Travis Scott

“É possivelmente o primeiro disco full on trap que transcende o sub-género e o género hip hop em simultâneo. A mistura e master são algo de outro mundo ou de outro tempo, soa a 2020 em termos de textura, e consegue ser pop ao mesmo tempo.”

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team