pub

Karlon prepara álbum ligado às raízes cabo-verdianas e lança primeiro single

[FOTO] Direitos Reservados

Karlon, figura fundadora do hip hop criolo em Portugal, com o seu grupo Nigga Poison, prepara-se para editar o seu terceiro álbum a solo, com uma forte componente ligada às raízes cabo-verdianas do rapper. Depois de um primeiro sinal dado em Dezembro, com uma homenagem a Césaria Évora que já não se encontra online, temos agora a confirmação e o primeiro single do álbum sucessor de Meskalina, lançado o ano passado.

“Fadiga Ku Kuzê” homenageia outra figura da música cabo-verdiana, Maria de Barros, com quem Karlon falou e pediu autorização pela utilização da voz. “Ela gostou muito”. O tema, produzido por Charlie Beats, é uma das “oito ou nove” faixas que Karlon tem preparadas para lançar em Maio. “No fundo foi uma identidade que cresceu dentro de mim, na vontade de estar mais perto das minhas origens”, diz ao Rimas e Batidas um dos primeiros MCs a fazer rap em criolo em Portugal.

“Quem no fundo é o ‘culpado’ deste projecto é o Pedro Coquenão [Batida]”, explica-nos Karlon. “O Pedro mostrou-me o álbum do [rapper] Marcelo D2“, que tem “uma mistura de samba e música brasileira, daí [eu] querer fazer um trabalho a ver com esse conceito”.

O artwork do trabalho está a cargo de Bruno Gião. “Vai ser com toda a minha matriz de infância ligada à família”. Antes do lançamento do disco, está ainda previsto um segundo single com direito a vídeo. Por enquanto, temos “Fadiga Ku Kuzê”, disponível para download gratuito no SoundCloud e legendado em português para não haver desculpas.


 

https://youtu.be/cttR3bcz02I

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos