pub

Publicado a: 24/09/2015

Jamal Moss, aka Hieroglyphic Being, apresenta-se amanhã no Lux e prepara-se para editar na Soul Jazz

Publicado a: 24/09/2015

[FOTO] Direitos Reservados

 

Jamal Moss, que se encontra já em Lisboa para a apresentação como Hieroglyphic Being amanhã nas noites Green Ray do Lux, encontra-se num momento de especial agitação. Além de algumas edições em nome próprio distribuídas em CDr já este ano, enquanto Hieroglyphic Being acaba de anunciar a edição de The Acid Documents para o próximo dia 13 de Novembro através da Soul Jazz. Trata-se de uma colecção de temas originalmente apresentados o ano passado numa limitada edição caseira de 100 exemplares em CDr apenas disponíveis na loja Sounds of The Universe do Soho, propriedade da etiqueta que agora relança esse trabalho numa edição limitada em vinil de mil exemplares, além de versões em CD e formatos digitais.

We Are Not The First, entretanto, é o título de um álbum acabado de lançar na RVNG Intl. em que Hieroglyphic Being homenageia o espírito de Sun Ra ao lado de uma banda que inclui o actual líder da Arkestra Marshall Allen. Este disco sucedeu ao trabalho The Seer of Cosmic Visions, lançado o ano passado na Planet Mu, e creditado a Hieroglyphic Being And The Configurative Or Modular Me Trio que, apesar da designação, é apenas mais uma identidade paralela de Jamal Moss.

The Acid Documents marca o nascimento de uma nova etiqueta mais voltada para a electrónica dentro do vasto catálogo da Soul Jazz. Jamal Moss voltará a lançar nessa etiqueta, que toma o nome Sounds of the Universe, em Janeiro próximo sob a sua identidade Africans With Mainframes.

Amanhã poderão ouvir música resultante de todas estas coordenadas na pista do Lux quando Hieroglyphic Being tomar conta da pista para mais uma noite Green Ray.

 

hieroglyphic_being_the_acid_document_dr

 

pub

Últimos da categoria: Curtas

RBTV

Últimos artigos