Soprar as velas e celebrar o hip hop no 2º aniversário do Rimas e Batidas no PARK

[TEXTO] Alexandre Ribeiro [FOTOS] Hélder White

A passagem do tempo é, de certa forma, um andar acelerado para a morte. Que bela forma de começar um texto que pretende celebrar o 2º aniversário do Rimas e Batidas, certo? Bem, no caso de uma revista digital, numa altura em que tudo é volátil e as publicações ganham e perdem relevância com velocidade assustadora, o “envelhecimento” é bom prenúncio. E torna-se ainda melhor quando percebemos que existe uma plataforma em crescimento constante e uma casa cheia no PARK pronta para nos receber com calor e dança, muita dança.

Mano a Mano ou MC a MC: Beware Jack e TNT, individualmente, trataram de abrir espaço para as rimas com MAF, que foi o responsável pelo warm-up, a soltar os instrumentais num início algo tímido em que o público ainda se dividia entre estrangeiros que quiseram conhecer o famoso rooftop na Calçada do Combro e fãs do Rimas e Batidas/apreciadores de hip hop.

As mudanças atrás das mesas aconteceram depois, mas a qualidade não se perdeu: Maria e Isac Ace mostraram argumentos diferentes, mas de competência comprovada, o primeiro de volta das máquinas e o segundo – acompanhado por Jan Den Hertog no microfone – com as mãos nos pratos a demonstrar que também se trabalha bem numa quinta-feira à noite e que mesmo em véspera de dia de trabalho não se deve dar descanso ao groove.

Para fechar a noite, Sr. Alfaiate, aka Nel’Assassin mostrou porque é um dos DJs mais conceituados do panorama nacional e juntou skill e mestria com muito bom gosto na selecção das faixas que colocaram a pista a ferver. Cenário perfeito para soprar as velas entre amigos e seguidores e seguir para mais um ano em que prometemos elevar ainda mais a fasquia. As fotos que documentam a noite são de Hélder White:

 


11-reb

12-reb

8-reb

9-reb

4-reb

6-reb

3-reb

5-reb

2-reb

Alexandre Ribeiro

Alexandre Ribeiro

Passei os meus escritos da gaveta para o mundo "real" depois de concluir o curso de Jornalismo e Crítica Musical na ETIC.
Alexandre Ribeiro

Latest posts by Alexandre Ribeiro (see all)