Revolução 2005-2008 de DJ Marfox em formato 12” pela Boomkat Editions

[TEXTO] Ricardo Miguel Vieira

 

Revolução tem impacto para mim porque são nove faixas que estão num disco que tem a primeira oportunidade de sair de casa”, enalteceu DJ Marfox ao Rimas e Batidas no ano passado, dias depois da edição em formato CD pela NOS Discos do set que documenta os seus anos formativos. O registo que encapsula as produções mais selvagens da “Raposa” da Quinta do Mocho no período 2005-2008 voltou agora à superfície através de uma edição limitada em formato 12” carimbada pela Boomkat Editions. “Há pessoal que começou a conhecer Marfox a partir de 2011, altura em que saiu o meu primeiro EP – Eu Sei Quem Sou – e que não sabia que havia um manancial de beats que vinha de trás. É o caso dos sons no Revolução.”


marfox vinil 4


 

Escutar hoje Revolução 2005-2008 é regressar às construções cruas de kuduro angolano embebidas em arquitecturas club que se escutavam nas noites de Lisboa há uma década. O beat urgente de “Revolução” e “Drift Furioso”, o feitiço tribal de “Sem Fronteiras” e o arrojo físico de “Auié (Remix)” invocam a emergência sónica da batida made in guetos de Lisboa e a influência do produtor de nome oficial Marlon Silva na progressão do estilo.



 

“O set colecciona nove produções contagiosas de Afro-Portuguese Dance Music que tem um forte paralelismo na transição e fluxo entre o grime e o UKF [dubstep] britânico, enquanto demonstra por que razão Marfox é considerado o principal embaixador e catalisador do estilo mundialmente conhecido e influente de Lisboa”, escreveu a Boomkat sobre esta nova edição.

Os dois lançamentos que Marfox já soma este ano confrontam o antes e depois das suas composições. Em Abril, a insuspeita Príncipe Discos editou o EP Chapa Quente, set carregado de sintetizadores que escapa à batida que habitualmente reconhecemos em Marfox. Uma transformação associada à carreira em crescendo que Marfox regista desde que DJs Do Ghetto Vol. 1 surgiu em meados de 2006 no obsoleto eMule, ponto de partida para que o DJ desse a volta aos palcos mundiais e estabelecesse laços criativos com produtores de diferentes territórios, tanto espaciais como musicais. Revolução 2005-2008 representa assim uma viagem ao passado, um mergulho profundo no legado do produtor cujo sufixo fox completa as identidades artísticas de dezenas de produtores portugueses ligados à cena batida.

Há 500 cópias disponíveis para aquisição na loja online da Boomkat que apresentam insert com anotações em português e inglês e ainda garantem acesso ao download gratuito da versão digital do disco.


Marfox vinil 2

ReB Team

ReB Team

Facebook.com/rimasebatidas
Twitter: @rimasebatidas
Instagram: @rimasebatidas
SoundCloud.com/rimasebatidas
YouTube.com/c/rimasebatidas
Mixcloud.com/rimasebatidas
ReB Team