iZem: Solange, Gilles Peterson e um “disco com artistas da cena lisboeta” a caminho

[TEXTO] Alexandre Ribeiro [FOTO] Ica Chevallier

iZem, produtor francês a residir em Lisboa, lançou uma belíssima remistura de “Cranes in the Sky”, um dos singles de A Seat at the Table, o mais recente álbum de Solange.

Antes de publicar a faixa no seu SoundCloud e YouTube, Gilles Peterson, conceituado DJ e radialista, estreou a versão de Jérémie Moussaid Kerouanton na BBC Radio. “Já estou em contacto com o Gilles há uns anos. Tinha mandado coisas para o pessoal da Brownswood (a sua editora) e ele tinha gostado e tocado na BBC. Desde então, ele costuma tocar os meus sons e já toquei com ele numa festa. Também já nos cruzámos noutras ocasiões”, revelou o autor de Hafa.

A irmã de Beyoncé surpreendeu no seu terceiro álbum: abraçou o jazz, soul e r&b e escreveu e cantou como nunca, tudo com conta e medida. Sem excessos, tudo se tornou mais claro. iZem só conheceu o trabalho da artista aquando do lançamento de A Seat at the Table: “Para dizer a verdade, descobri a Solange com o último disco. Até demorei um pouco a gostar. Foi culpa de uma pessoa próxima que é muito fã! Fui contaminado”. A ligação do DJ com o tema que mereceu o Grammy para Melhor Performance r&b tem uma história curiosa (que podem ler na descrição do YouTube).

 



Remisturar está-lhe no sangue. Em 2017, Sara Tavares e Elza Soares mereceram o tratamento “oficial” de iZem: “No caso da Sara Tavares foi através do Kalaf (Buraka Som Sistema), com quem tinha tocado na noite da Enchufada. No inicio fui convidado para fazer produção adicional no single, mas acabei regravando tudo junto com o Karlos Rotsen, um pianista da Martinique que também está a viver em Lisboa. O convite da Elza Soares foi pela label Mais Um Discos, com quem tenho uma relação há muitos anos. Acompanhava muito os lançamentos quando fazia programas de rádio. E fui convidado pelo Lewis – o label manager – para vários projectos de remixes de artistas da editora.”

Lançado pela Soundway Records, o seu álbum de estreia já data de 2016. Contudo, as novidades vão rebentar em breve: “Terminei um EP de músicas originais há pouco — e vai ser lançado este ano. Agora comecei a gravar um disco com artistas da cena lisboeta. Espero acabá-lo nos próximos meses. Também tenho algumas datas live onde vou tocar os meus beats em várias partes da Europa.”