Children Of Zeus: a hora dos mestres

[TEXTO] Alexandre Ribeiro [FOTO] Direitos Reservados

Com duas décadas de carreira “nas pernas”, os britânicos Konny Kon e Tyler Daley, que assinam como Children Of Zeus, estão prestes a lançar o seu primeiro álbum. Travel Light é um disco bastante antecipado e “alimentado” pela edição de The Story so Far…, uma compilação com doze canções incríveis que deixou ilustres como DJ Jazzy Jeff, por exemplo, estupefactos. A cereja no topo do bolo? “Still Standing”, a música que podem (e devem) dedicar às vossas mães.

Soar clássico e fresco ao mesmo tempo não é para todos. Os COZ conseguem isso porque têm uma capacidade inata para fundir géneros e actualizá-los. A grandiosidade gospel (“Crown”), os suspiros trap (“Slow Down”) ou as formas modernas — carregadas de graves — de r&b (“I Want You”) entram numa equação musical que é tão eficaz quanto perigosa. É assustador: o que é que estes dois fazem mal, afinal de contas?

 



Em conversa com a The Source em 2016, o duo “colocou-se” numa playlist com nomes como Raphael Saadiq, Anderson .Paak, Slum Village, Madlib, Maxwell e Native Tongues. Bilal ou o contemporâneo Loyle Carner também entrariam facilmente nessa lista. Referências? Westside Gunn & Conway, Loose Ends, Alchemist, Garnett Silk, Mobb Deep, Soul II Soul ou Omar. As escolhas mostram uma capacidade de auto-análise incomum, mas que aqui faz todo o sentido: fazem “isto” há demasiado tempo e perceberam quem são e o que é que podem acrescentar a esta história.

Tal como aconteceu com El-P, Killer Mike e Run The Jewels, mesmo com as devidas e óbvias diferenças, esta dupla teve que esperar pela altura certa para mostrar o que tinha de melhor. Kon é DJ, MC e beatmaker (trabalhou com grupos como os The Microdisiacs e os Broke’n’£nglish) e Daley, a voz angelical do grupo, fez parte dos Body Roq — assinava como Hoodman — e emprestou a voz a uma série de faixas nos últimos anos — “Reminiscent”, música com produção de Apollo Brown e colaboração de Jehst, foi uma das mais recentes.

 



A história musical de Manchester é bastante rica: Oasis, The Smiths, Joy Division, The Chemical Brothers e, mais recentemente, Levelz, The Mouse Outfit, Bugzy Malone ou IAMDDB. Se existe uma nova vida na cidade com o hip hip como epicentro, os Children Of Zeus assumem-se como líderes do grupo, apresentando uma maturidade que, não afastando, distingue-os dos outros nomes.

Os convidados no longa-duração de estreia contam-se pelos dedos das mãos: encontramos Terri Walker, LayFullStop, [KRS] e DRS na vozes e, para além de Kon e Daley, temos Sebb Bash, Juga-Naut, Beat Butcha e Mr Thing na produção. Na próxima sexta-feira, as estrelas alinham-se e a obra nasce. Quando reunimos a bagagem necessária, a possibilidade de errar torna-se menor. Cruise control e joelhos a controlarem o volante: estamos prestes a fazer a viagem mais tranquila das nossas vidas.

Ao cuidado das promotoras portuguesas, mais concretamente do Super Bock em Stock: atentem às actuações da dupla com o Yussef Kamaal e o The Triple S Choir ou à apresentação a solo no Boiler Room em Londres.

 


Alexandre Ribeiro

Alexandre Ribeiro

"I just looked at the pictures"
Alexandre Ribeiro