Posts by Rui Miguel Abreu

Boom-Boom-Bap: a grande invenção de Clyde Stubblefield

O baterista de James Brown é um dos mais samplados músicos de todos os tempos ou seja é um dos pilares da modernidade musical erguida pela tecnologia.

Ler +

Prince: a cor do génio é púrpura

57 anos na terra, 40 de carreira: Prince Rogers Nelson desapareceu deixando vasta obra publicada, incomensurável obra inédita e uma influência de alcance muito longo de que ainda vamos sentir os efeitos durante muito tempo. Rui Miguel Abreu olha para a carreira do génio de Minneapolis e tenta descortinar o tom mais vincado da sua música – púrpura, com certeza

Ler +

Run The Jewels // RTJ3

O mundo está à beira do abismo? Só Killer Mike e El-P nos podem salvar!

Ler +

Moritz von Oswald e Rashad Becker no Maria Matos: zero ego, máximo ruído

Eminências pardas da electrónica mais desafiante made in Berlin desaparecem em oceano de ruído analógico que ontem inundou a capital.

Ler +

A$AP Ant: “É um público novo: é preciso entrar com força e dar tudo – sangue, suor e lágrimas!”

A$AP Ant sobe hoje ao palco do Titanic Sur Mer, em Lisboa, e amanhã, quinta feira, apresenta-se no Hard Club, no Porto.

Ler +

Xadrez: “O pessoal do footwork tem electricidade nas veias”

Novo valor da Golden Mist procura erguer pontes entre Ermesinde e Chicago.

Ler +

David Axelrod: o produtor dos produtores

Recuperamos o ensaio de RMA sobre o importante produtor.

Ler +

Kraftwerk: Mitos e Máquinas

Recuperamos um ensaio de RMA sobre o icónico grupo alemão a propósito do anúncio do concerto no NEOPOP.

Ler +

O jazz e a electrónica casam-se em Hai

A portuense 1980 descobre um novo e sério talento em Pedro Ricardo que se estreia com Going Somewhere, uma lição de sofisticação que funciona na pista de dança e nos auscultadores.

Ler +

Krautrock: Made in Germany

Dos Radiohead aos Portishead há um exército de bandas devedoras do som do rock alemão dos anos 70.

Ler +