Posts by Ricardo Farinha

Da Weasel: o legado de uma banda sem género

Manel Cruz, Fred Ferreira e TNT em discurso directo sobre a importância dos Da Weasel.

Ler +

Frankie Baptista, o músico de 18 anos que quer levar a guitarra para o hip hop

O guitarrista improvisa por cima de temas de rap nacional. E mostra tudo nos vídeos que publica no Instagram.

Ler +

Holly: “Ainda há muita coisa que quero fazer antes de lançar um álbum”

O produtor das Caldas da Rainha actua pela primeira vez no continente africano.

Ler +

TNT: “Não produzi este álbum porque precisava de evoluir na escrita”

O rapper e responsável pela editora Mano a Mano falou com o Rimas e Batidas sobre o novo álbum, MDO, pelo início do seu percurso e o meio das labels independentes de hip hop em Portugal.

Ler +

Juzicy: “A Força Suprema abriu-me muitas portas”

O Rimas e Batidas falou com o autor do instrumental de “Normal”, o single de NGA, e que agora co-produziu um tema que fará parte do próximo disco do norte-americano Logic. Conheçam Adjane Rafael.

Ler +

Keso: “KSX2016 vai ser reeditado”

Tivemos uma curta conversa com Keso durante a visita do Rimas e Batidas ao Porto. O músico falou-nos das últimas novidades do seu percurso.

Ler +

20 músicas de rap crioulo para o arranque do ano

Landim, Loreta, Né Jah e Babydogg tocam esta noite no Titanic Sur Mer. Mas esta playlist reúne bastante mais artistas.

Ler +

Slow J, o herdeiro de Sam The Kid?

Será Slow J o artista com o perfil certo, para, finalmente, desafiar o ícone de Chelas, tal como este tinha dito há dois anos?

Ler +

Mundo Segundo: “Este disco é uma forma de agradecer”

O rapper e produtor dos Dealema editou, sem ninguém esperar, um novo EP no fim de 2016: Sempre Grato. Falámos sobre o novo disco e os projectos para 2017 de Mundo Segundo.

Ler +

Fuse: “Nunca imaginei lançar um disco de hip hop aos 40 anos”

Falámos com o rapper do Porto sobre Caixa de Pandora, o primeiro disco a solo em 13 anos. Mas também sobre o legado em Angola e Moçambique, o estado actual do hip hop em Portugal e, claro, o futuro dos Dealema.

Ler +
  • 1 2 5